31 de março de 2009

DIA DE BUSTOS'09: CELEBRAÇÃO SEM CELEBRIDADE


Deve ter havido, outrora, sentidas celebrações e activa participação popular aquando da celebração do 18 de Fevereiro. Hoje, nem o cálido sol emprestou calor à protocolar celebração. O poder local esteve bem representado para que à circunstância não faltassem os discursos de ocasião. Contudo, apassivou-se a participação popular que seguiu o séquito com bonomia e Bustos no coração.
A romagem saiu da Junta de Freguesia e dirigiu-se para o Largo da Igreja Velha, onde depositou a costumeira coroa de flores. Seguiu-se um paradoxalmente breve discurso do Pároco sobre o passado, o futuro e o presente, mas cujo conteúdo escapou ao entendimento dos presentes.
Foto de Alberto MartinsCumprida esta formalidade, o séquito dirigiu-se para a necrópole com o desígnio histórico de homenagear os vivazes obreiros da criação da freguesia. Lá, a prédica do pároco foi mais circunspecta, visto que a ética republicana dos fundadores da freguesia, pouco dada era a circunlóquios clericais. E, por sua vez, o catolicismo é ecuménico, mas pouco dado a homenagear os heróis da 1.ª República, ou pelo menos, foi essa a impressão deixada.
Depois, porque o tempo de celebração era escasso, todos se encaminharam para a Junta de Freguesia com controlada celeridade a fim de consagrar o octogésimo nono aniversário da criação da freguesia. Aqui, os discursos nem versaram sobre a história, nem história fizeram.
O Sr. Presidente da Junta da Freguesia, anfitrião do evento, foi o primeiro a usar da palavra, mas pouco ousada foi. O seu discurso foi eco da sua usual temática: a impotência de pouco poder fazer pela freguesia, enfim, o discurso de sempre com entoações de elegia e despedida. Por outras palavras, nada disse.
Acto contínuo, fez uso da palavra o Presidente da Assembleia da Junta de Freguesia. Do seu discurso, pouco articulado é certo, transpareceu o seu profundo amor ao rincão paterno. O reconhecido mecenas do nosso burgo teve a ousadia de pedir ao Sr. Presidente da Câmara Municipal, uma piscina e um pavilhão para o seu Bustos.
Pouco depois, orou o Sr. Prior o qual foi loquaz na propaganda das obras efectuadas pela Comissão Fabriqueira para o melhoramento das obras sociais da Igreja e, justiça lhe seja feita, aos generosos contributos da população bustoense para o tornarem possível.
Finalmente, discursou o Presidente da Câmara Municipal o qual usou palavras de parcimónia e escusa. Cumpriu com bonomia o protocolo, com pouco entusiasmo e promessa nenhuma.
Terminou com acepipes a celebração.
Ficou sem celebridade o dia que foi de celebração.

Ulisses Crespo
Cronista da Vila
ulissescrespo@gmail.com

28 de março de 2009

PARABÉNS OBSC!


O Oliveira de Bairro Sport Clube está de parabéns. Os festejos do 87º aniversário tiveram início na noite de ontem e vão decorrer até ao próximo domingo com o seguinte programa:

Sábado, 28 de Março de 2009

10.30 Horas: Concentração junto à sede do Clube, hastear da bandeira e romagem aos cemitérios em homenagem aos sócios e atletas falecidos.
20.00 Horas: Jantar de Confraternização dos atletas, pais dos atletas, sócios e amigos do Clube no Hotel Paraíso.
- Animação do Grupo de Cantares do Silveiro
- Homenagem à Equipa Sénior da Época 1979 – 1980 – 3º Classificados
- Apresentação do novo sítio do Clube.

Domingo, 29 de Março de 2009

16.00 Horas: Estádio Municipal – Jogo do Campeonato Nacional da 2ª Divisão “B” entre o Oliveira Bairro S.C. e o S.C. Praiense.

-Animação da Banda da União Filarmónica do Troviscal.
-Desfile dos escalões de formação do clube.

O novo sítio electrónico do clube já está disponível em: http://www.obsc.pt/

26 de março de 2009

HONRA A QUEM NOS HONRA

Na sequência da 1ª reunião da Câmara Municipal de Oliveira do Bairro realizada em Bustos e que teve lugar no passado dia 12 na Casa da Freguesia (mais conhecida por sede da Junta), o Notícias de Bustos entendeu que devia honrar quem nos honrou com a deslocalização momentânea do poder central municipal para uma das suas freguesias.

Dissemos na altura que Bustos era a terra mais linda do mundo. Porque era a nossa terra. Sabemos que as outras seis terras do concelho também são, cada uma delas, as terras mais lindas do mundo.
Mas isso não nos importa nem afecta. Até nos honra, mesmo que não sejamos nados, criados ou morados nesses extremos.

E dissemos ainda que
por muito que digam que nos dão muito, é sempre pouco o que nos dão. A nós, como aos demais vizinhos.
O actual executivo camarário foi eleito há quatro anos pelo voto democrático e livre do Povo. Este ano o julgamento repete-se.
Porém, há um factor que não varia nunca, seja qual for o destino do nosso voto: o exercício da democracia passa pela dignidade, pela honradez e pelo carácter íntegro de quem elege e de quem é eleito. Mas passa também pela galhardia e pelo verdadeiro bairrismo das comunidades locais: se honrados nos sentimos, cumpre-nos honrar quem assim nos honrou.
Por isso mesmo e em representação do NB, desloquei-me hoje ao edifício dos Paços do Concelho, isto é, à Casa do Município, onde me esperava para o efeito todo o elenco do executivo camarário, antes de dar início a mais uma reunião semanal.
Com igual galhardia, cavalheirismo e sentido da hospitalidade, o Sr. Presidente da Câmara e TODOS os Srs. Vereadores e Vereadoras aguardaram que elaborasse as dedicatórias em cada um dos três livros disponíveis do Pescador de Sonhos que foi o bustuense, amigo e companheiro Carlos Luzio:
um foi entregue ao Presidente, outro à Vereadora da Cultura e o 3º ao Município, isto é, ao próprio Povo do Concelho, de que são fieis depositárias a Assembleia e a Câmara Municipais. Os restantes três livros em espólio serão entregues na Biblioteca Municipal, na pessoa da sua Directora.
O pequeno quadro evocativo que o NB concebeu para registar a efeméride que foi a reunião do executivo em Bustos (e que a Vereadora da Cultura segura nas mãos com raízes de Bustos), esse, já tinha sido entregue a cada um dos seus membros.

A foto regista o evento, do mesmo modo que eu registo que a Câmara tinha a aguardar-me a fotógrafa do Gabinete de Comunicação, a Telma Duarte, a quem agradeço o envio das fotos por email quase acto contínuo.

*

oscardebustos
[aqui, onde ainda estou vivo]

Bustos e Couvelha obrigados a empatar (1-1)

O BUSTOS … DEIXA ESCAPAR DOIS PONTOS

Análise de Mister
Assistimos a um autêntico (r…)
Arbitragem desastrosa.
Aos 90 minutos decidiu dar mais 6 minutos.
Deixou correr.
Aos 99 minutos empataram
E acabou o jogo.
Foi mau demais.
Parabéns aos meus jogadores

[ o Árbitro] Expulsou-me um jogador – muito mal.
O adversário foi sempre agressivo – sem bola.
Para eles nunca houve cartões.


Assim desabafou … o Mister d’o Bustos: JoaQUIM Tavares.

CCD COUVELHA x UNIÃO DESPORTIVA DE BUSTOS [1 – 1]
FICHA (quase) TÉCNICA
A equipa de Mister Quim atrasou-se e fixou-se no 4º lugar, por esta jornada?
Árbitro e relógio poderão explicar a perda de dois pontos.

Campeonato de Futebol (de 11) de Seniores da II Divisão Distrital de Aveiro – Zona Sul.
22ª Jornada
Campo dos Oivais (Couvelha)
Dia do Jogo: 22.03.2009, Domingo, 15H00

Marcou pelo Bustos: Hélder (25’)

O ‘União’ iniciou o jogo com:
Ivan (guarda-redes;
Samagaio, Henrique, Pedro Resina (capitão, Paulo, 45’), Fábio, Baptista (subcapitão);
Luís Miguel, Pedro Fiães, Lima, Pião (Patric, 90’), Hélder (Licas, 90’).
Banco de serviço de apoio:
Jogadores:
Filipe (guarda-redes);
Paulo, Licas, BemHaja, Guedes, Patric, Marco.
Treinador – Mister JoaQUIM TAVARES.
Massagista – Carlos Pascoal Embaixador da UDB – José Luís Santos

Penalização:
Samagaio (cartões amarelos aos 55’ e 75’, transformados em cartão vermelho).

O BUSTOS - FUTEBOL DE 7 e DE 11 (JORNAS)




25 de março de 2009

TERRAS E GENTES DE OLIVEIRA ATRAVÉS DA LENTE


Nos fundões das famílias
o mofo-mofa do tempo
retoca as fotografias.
(Alexandre O'Neill
Poesias Completas
A Mala e a Barragem
Assírio & Alvim,
2ª edição
Março 2001)



O redactor multi-funcional do NB há muito que entrou no aeróstato dos escritores das terras de Busto banhadas pelo Rio Boco. O Óscar (Mandrake) de Bustos vai a todas, como se fosse bombeiro de agulheta em riste a imitar o pelicano carregado de peixe e água, e traçou um quadro articulado em “notas” e mais “desnotas” do que se passou em Bustos’09, do dia 12 de Março. O acontecido, mais tarde ou mais cedo vai merecer placa institucional a registar a primeira reunião da Câmara Municipal na sede do longínquo terroir da desconhecida Freguesia. De Bustos.

Estranhando-se (ou não), a Junta de Freguesia poupou-se na divulgação do evento. Nem um papel foi afixado a mercer tal anúncio. Talvez considerasse uma coisa menor a realização de uma sessão de trabalho, para mais aberta à intervenção do público… Já coisa menor não foi, o haver entre os trinta e tal pontos da ordem de trabalhos, o lançamento de um concurso fotográfico destinado a jovens alunos dos estabelecimentos do ensino (secundário) sobre os olhares o concelho. [os pormenores do concurso são remetidos para o sítio da câmara municipal, conforme o anúncio indica]. Espera-se que haja uma avalanche de candidaturas. De certo que algumas surpresas trarão os perspicazes olhares dos jovens.
Oliveira do Bairro e seu termo concelhio ficarão de posse de um arquivo que poderá ajudar a interpretar e a encontrar linhas mestras condutoras do futuro e poder acompanhar a evolução ou retrocesso.
O concurso fotografia do/sobre o concelho deverá ter continuidade.
É uma iniciativa de aplaudir. A aprovação unanime faz jogar no escuro agarantia do sucesso.
Engenho e arte vão estar presentes.
sergio micaelo ferreira
________________
Uma nota de realce -
- Honra seja dada a Fernando Grangeia que não deixou nenhum assistente em pé. Solícito, aprontava a cadeira mal surgisse um espectador quando a sala estava esgotada.
A comodidade agradece.

24 de março de 2009

MARINEIDE SANTOS "ESTEVE" NA BIBLIOTECA DE BUSTOS


Mal a notícia do lançamento de ‘canto e amanhece’ de Marineide dos Santos, que chegou com atraso de uns bons sete anos, a preocupação foi passar a palavra. E que melhor chamada do que a imagem?
Enxó de um lado, podão do outro, mais papelão, cartão tesoura e cola e eis que na Biblioteca de Bustos aparece o anúncio do momento do lançamento.
Houve uma falha. O Warhol de Bustos (Telmo Domingues) não passou pela «nossa» Biblioteca, para memória futura, a recolher algumas imagens do trabalho arquitectado e construído por Prazeres Duarte a publicitar o Dia da Poesia.
Fica para o próximo evento.

23 de março de 2009

Cidadão do mundo (Arsénio Mota)



Quando a neura o* invadia, largava para onde, no café habitual, tinha círculo de relações. Ali acabou por divulgar pelos amigos duas obrinhas como quem, de cabeça ainda submersa na placenta materna, anseia por respirar as brisas do planalto para botar plena figura. Ensinaram-lhe algo que nunca mais esqueceu: o texto literário não é apenas lido pelo leitor, também o leitor é «lido» pelo texto. Na medida em que sobre ele se pronuncie.
A experiência era sem dúvida o maior salário que poderia guardar para durar. Mas uma interrogação tornava-se para Tumim crucial: Se não vives na verdade, na verdade vives? Enfático mas convicto decidia: Só vivendo na verdade, na verdade se vive.

Por fim abalou para a cidade definitiva de que fora visita na sua primeira juventude, pois Tumim acabou por entender: pode-se chegar a ser cidadão do mundo até num esconso buraco sertanejo. Recebera a lição das pessoas que, deslocadas em viagem, lhe garantiam que os sítios exactos onde moravam, algures no mapa, ficavam afinal «perto de tudo», numa localização indiscutivelmente privilegiada. Aprendeu assim que a gente faz do lugar onde vive o «centro do mundo». Quando viaja, não sai – apenas gravita em torno.
__________________
in Arsénio Mota, Quase Tudo Nada, (prémio literário Carlos Oliveira, 2005), IV cidadão do mundo´(excerto), Edição Campo das Letras, com Patrocínio da Câmara Municipal de Cantanhede, 1ª edição. 2006.

[ o* é o Tumim da novela, digo Arsénio Mota, em carne e osso.
Um obrigado a ASM pela informação e material fornecido. E como não há duas sem três, um bem-haja consolidado por teres enviado as primeiras notícias acerca da 'tua' apresentação do Livro de Poemas 'canto e amanhece' de Marineide (venezuelana-bustuense) Santos - notas de ‘altinod@poba’, com a responsabilidade do alto-revisor.]

Dona Alfacinha tem muito que contar - Matilde Rosa Araújo (vai a Cantanhede)






- Como está, Dona Alfacinha.
- Muito bem, obrigada. E como está a Menina Primavera? (Há tanta menina que se chama Primavera!)
Era sempre um “como está” tão bonito! Um saudar que deixa saudade.
(…)


[Os Amigos da Dona Alfacinha]
São todos aqueles, crianças, adolescentes, adultos com maior ou menor idade, que sabem o valor da Rua do Encantamento. Que vão pedir conselhos quando alguma coisa das suas ruas não está a seu contento. Porque as ruas têm de ser dignas daqueles que as habitam, que por lá passam.
Mesmo, muito jovens, somos responsáveis por elas. Temos o direito e o dever de ir até à Junta de Freguesia, à Câmara Municipal, eu sei lá até onde (mas Dona Alfacinha explica, dá conselhos avisados do seu amor e da sua experiência) e dizer do nosso encantamento pelas ruas do Encantamento! Pelas praças, pelos jardins. Ou do nosso desgosto pelo que julgamos não estar bem. Reclamar com razão é ajudar.
(…)

______

(com a devida vénia de NB: in Matilde Rosa Araújo, Dona Alfacinha tem muito que contar (um excerto)
Inédito editado em
http://www.app.pt/nte/matilde/alfacinha.htm
Associação de Professores de Português Projecto #na_tua_escola

CANTANHEDE DA LEITURA TÊM MATILDE ROSA ARAÚJO E ARSÉNIO MOTA









Matilde Rosa Araújo e Arsénio (de Bustos) Mota, embaixadores da escrita em português de lei, vão animar a “Conferência EDUCAR PARA A LEITURA” na Biblioteca Municipal de Cantanhede Será mais uma porta aberta ao desejo de ler.

22 de março de 2009

QUANDO AMANHECE É UM NOVO NOVO DIA (com adenda)

O ramo de flores do Notícias de Bustos

"Perdi um óptimo Pai e ganhei um excelente Anjo da Guarda"
*
As fotos da cerimónia de lançamento do Livro de Poemas da Marineide estão disponíveis AQUI.
- ADENDA (às 3H25 de 23/3): O NB passou a ter o dom da ubiquidade, pelo que agora também podemos ver o vídeo da cerimónia, acompanhado de música de fundo; basta lincar com o botão esquerdo do rato AQUI mesmo [chegados ao link, voltar a clicar na pantalha negra, com pena de que o peso do ficheiro descarregado para o PicasaWeb sob o título "Filmes - Marineide" não permita fazer melhor].
_
- Nota do relator: foram muitos os Bustuenses que lamentaram a hora do início da cerimónia - 9H30 da manhã de ontem.
Estão enganados: a cerimónia começou tarde. Deveria ter-se iniciado à 1H30, quando começa o meu dia.
[A ver se não me esqueço de alertar a Sra. Câmara no sentido de passar a ser mais razoável...]
[A crítica é feita por razões de humor/amor: é bom lembrar que a cerimónia se enquadrou no âmbito da Semana da Poesia\AO SABOR DA POESIA '09 e foi seguida de outros eventos no bonito e funcional edifício da Biblioteca Municipal ].

21 de março de 2009

Marineide: Canto e Amanhece

Confissão

Poesia, és o grito que em mim corre
Sobressalto de sonhos e fantasia
Faz de mim o teu refúgio
E eu te darei a voz e um coração que sente
Para pintares o que se estende em meu redor
Tornar-me-ei tua serva se quiseres
Porque sei que sem ti eu sou vazia.
*
- Marineide Simões dos Santos\Canto e Amanhece\Poemas\Edição da Câmara Municipal de Oliveira do Bairro\1ª Edição\Março 2009,
- O NB editará brevemente as fotos da cerimónia de apresentação do livro da nossa Marineide.
- A reportagem fotográfica, tal como a do Carlos Luzio na homenagem dos Amigos junto à sua última morada, é da autoria do Telmo Domingues, cuja dedicação e profissionalismo o colocam na galeria dos grandes bustuenses.

MINHA ALDEIA (António Gedeão)*


Minha aldeia é todo o mundo.
Todo o mundo me pertence.
Aqui me encontro e confundo
com gente de todo o mundo
que a todo o mundo pertence.

Bate o sol na minha aldeia
com várias inclinações.
Ângulo novo, nova ideia;
outros graus, outras razões.
Que os homens da minha aldeia
são centenas de milhões.

Os homens da minha aldeia
divergem por natureza.
O mesmo sonho os separa,
a mesma fria certeza
os afasta e desampara,
rumorejante seara
onde se odeia em beleza.

Os homens da minha aldeia
formigam raivosamente
com os pés colados ao chão.
Nessa prisão permanente
cada qual é seu irmão.
Valências de fora e dentro
ligam tudo ao mesmo centro
numa inquebrável cadeia.
Longas raízes que imergem,
todos os homens convergem
no centro da minha aldeia.

* com a devida vénia, NB edita:

Antonio Gedeão.
Poesias Completas (1956 – 1967)
Portugália,
Colecção Poetas de Hoje,

[Teatro do Mundo, 1958]
7ª edição, 1978

PÔR-DE-SOL (Manuela Abreu)



Lamentação junto aos muros de Jerusalém (1972) [Deniz Ramos]

(...)
Colherei os frutos em tua taça
em teus cabelos prolongarei as manhãs
por sobre os ímpios muros da cidadela
Vou às vinhas podar os débeis rebentos
visto o gabão o inverno reverdece
nas cinzas esfriadas
Colherei os frutos em teu ventre
e debaixo da nogueira plantarei tuas espáduas~Então lavraremos de fogo
com meu arado
com tua azagaia
o rosado orvalho das cicatrizes
(...)

Deniz Ramos,
O Silêncio Navegado.
Águeda, 1999

'BUSTOS', ....VAI ARRIBA...!?!

Análise amodosque Oficial
Jogo [com] uma equipa vizinha
que no início do jogo fez-nos a vida cara .
Marcou um golo aos 5 minutos.
Aos 25’ empatámos
E com muito crer da minha equipa Ganhámos 4 -1.
Podia ser por outros números
Parabéns aos meus jogadores.
Bom campeonato.
Faltam 9 Finais.

Assim Falou … o Mister d’o Bustos: JoaQUIM Tavares.

UNIÃO DESPORTIVA DE BUSTOS x C-R.A.C. [4 – 1]

FICHA (quase) TÉCNICA


Campeonato de Futebol (de 11) de Seniores da II Divisão Distrital de Aveiro – Zona Sul.
21ª Jornada
Campo Dr. Manuel dos Santos Pato – Bustos (Sobreiro)
Dia do Jogo: 15.03.2009, Domingo, 15H00

Marcaram pelo 'Bustos': Pião (2) e Patric (2)
O ‘União’ iniciou o jogo com:
Ivan (guarda-redes; Filipe, 80’);
Samagaio, Pedro Fiães, Baptista (subcapitão), Fábio, Pedro Resina (capitão);
Guedes (Luís Miguel, 67’), Pião (Paulo, 45’), Henrique, Hélder, Patric.

Banco de serviço de apoio:
Jogadores:
Filipe (guarda-redes);
Paulo, Licas, Lima, Luís Miguel, BemHaja, Marco.
Treinador – Mister (Joa)QUIM TAVARES.
Massagista – Carlos Pascoal
Embaixador da UDB – José Luís Santos
(srg)

BUSTOS - FUTEBOL DE 7 (Jornas 14 de Março) e de 11 a 14e15 do .03

DIA 21 DE MARÇO - ARTE EM CONJUNÇÃO



MÃE
Teu rosto permanece em meus sentidos
O gesto sobre o brilho de uma flor
Tua voz renasce em mim a madrugada
Como se fosses o poder da vida
Que traz a cada prado o verde manto
Como se nessa eterna Primavera
Permanecesse o sonho em brando leito
E meus olhos sentissem a presença
Dessa intemporal fidelidade
Em teu ventre o mito se transforma
O breu já não preenche o claro dia
Levas a mudança ao horizonte
a ti devo amor e sentimento
Essência, magia, liberdade
És belo ser e doce saudade.

Marineide Simões dos Santos,
canto e amanhece, poemas;
capa: arranjo de Catarina Marques;
Edição da Câmara Municipal de Oliveira do Bairro;
1ª edição, Março 2009.
(com apresentação auspiciosa no Dia Mundial da Poesia'09
no Salão da Assembleia Municipal)


LA COGYDA Y LA MUERTE (Federico García Lorca) e MOCÍMBOA DA PRAIA-11Jan71 (Carlos Luzio)

LA COGYDA Y LA MUERTE
(um excerto)


A las cinco de la tarde.
Eran las cinco en punto de la tarde.
Un niño trajo la blanca sábana
a las cinco de la tarde.
Una espuerta de cal ya prevenida
a las cinco de la tarde.
Lo demás era muerte y sólo muerte
a las cinco de la tarde.
(…)
A las cinco de la tarde.
¡Ay qué terribles cinco de la tarde!
¡Eran las cinco en todos los relojes!
¡ Eran las cinco en sombra de la tarde!
(Federico García Lorca,

Fuente Vaqueros (Granada), 1898 – Granada, 1936, fuzilado com mais 29 republicanos pelos nacionalistas de Franco no Cemitério de Granada)
Poema integrado em ‘Pranto para Ignacio Sánchez Mejías’.
Com a devida vénia foi xtraído de ‘Federico García Lorca’,
Antologia Poética, org. por José Bento,
Relógio D’Água,
1993

*






MOCÍMBOA DO ROVUMA - 1971

(excerto)

(...)

E num segundo
Como se fosse o fim do mundo
Uma terrível explosão
Pedaços de um corpo espalhados na picada
Um fumo negro e espesso
A esconder ferros torcidos
Um castigo que não mereço
(...)

16.Maio.04

Carlos Luzio
(Bustos, 10.08.1947 - 27.09.2004)
Pescador de Sonhos
editado por um Grupo de Amigos de Carlos Luzio,
2005

20 de março de 2009

OLIVEIRA DO BAIRRO - PÃO & POESIA NO MESMO SACO

CANTARES*
(…)
Nunca perseguí la gloria.

Caminante son tus huellas
el camino y nada mas;
caminante, no hay camino
se hace camino al andar.

Al andar se hace camino
y a volver la vista atrás
se ve la senda que nunca
se ha de volver a pisar.


Caminante no hay camino

Sino estelas en la mar …
(…)
"Joan Manuel Serrat",
de Manuel Vazquez Montalban,
paisagem editora,
colecção vozes livres, s/d
----
Fora d'horas -
com vénia.
*excerto de António Cipriano José María y Francisco de Santa Ana Machado Ruiz [Antonio Machado] - Sevilha, 1875 - Collioure (França), 1934; sevilhano;republicano exilado da Ditadura de Franco).

HOJE A PRIMAVERA ABRE A PORTA - AMANHÃ A MARINEIDE ABRE O LIVRO EM OLIVEIRA DO BAIRRO

A minha conterrânea Marineide vai finalmente publicar (*) o seu 1º livro de poemas. É já neste sábado - dia mundial da poesia, no Salão Nobre da Câmara de Oliveira do Bairro (e não na Biblioteca Municipal), pelas 10H00 (**). Como é seu dever e propósito, o Notícias de Bustos vem lembrando o evento.A Marineide perdeu o pai que tanto adorava, a maior razão de ser da sua vida.O Mário ajudava-a estremosamente em tudo o que um filho carece quando as limitações físicas criam barreiras que parecem intransponíveis. Há mortes que deviam ser proibidas por decreto divino. A do bom amigo Mário era uma delas. Davam-me especial prazer os momentos de conversa, as mais das vezes à minha porta: tolerante ainda que empenhado política e religiosamente, o Mário era um cidadão duma postura, dignidade e abertura como pouco se vê.

OS PAIS QUE PERDEMOS E A POESIA QUE NASCE Quinta-feira, 19 de Março de 2009
______
(*) "Sete anos de pastor Jacob servia" (Luís de Camões)
Há sete anos o livro não mereceu o 'nihil obstat' de um "pro-consul" de Oliveira (Foral) do Bairro. Pela intervenção de Óscar Santos, "compreende-se" o motivo da rejeição.
É isso manelzito ... O Mário usava com garbo outro emblema.
(**) Óscar Santos, p.f. rectifica a agenda. A sessão foi antecipada para as 9H30.... A menos que pretendas justificar o atraso ...

19 de março de 2009

Notas e desnotas duma reunião camarária


I - Notas:
Na passada 6ª feira o executivo camarário desceu à vila. Depois de ter acontecido em mandatos anteriores com a Assembleia Municipal, foi a vez de Bustos receber com galhardia e algum agastamento a Sra. Câmara (doravante CM).
1.
Os trabalhos tiveram início pelas 14H30, mas a classe operária só arredou pé às 19H30, estava já a sessão da Assembleia Municipal à nossa espera para outra corrida, esta terminou. A ordem de trabalhos também não era para menos: 38 pontos agendados e toca a arregaçar as mangas.

2.
Antes da reunião propriamente dita, a Vereadora Laura Pires entregou um passe anual gratuito ao utente n.º 30.000 dos TOB, esse must para quem tem de viajar pelos caminhos concelhios, aliás já experimentados AQUI. A jovem bafejada foi muito aplaudida e saiu satisfeita com a benesse.

3.
Ficámos todos admirados por tantos vereadores (dr.ª Leontina Novo; dr.ª Laura Pires; dr. Acácio Albuquerque e eng.º Manuel C. Silvestre), terem realçado o seu ADN Bustuense.
É caso para o Milton (que dispensa ser tratado por doutor da mula russa) investigar tantos e tamanhos ADN's
,
sob tensão e a alta temperatura,
como poetava António Gedeão na Lição sobre a água.
4. A nossa Junta estava em peso numa mesa lateral, um pouco abaixo do nível dos 7 magníficos da CM.
5.
O vereador da oposição centrista, Manuel C. Silvestre, fez alguns cálculos e demonstrou aquilo que até os nossos putos da pré-escola sabem: Bustos tem recebido menos que as outras freguesias. Toma que já almoçaste!

6. O Pres. da CM apresentou contas doutros rosários e rematou que Bustos não estava esquecido e que as coisas não eram como a distraída oposição pintava, pois até andavam a pagar as facturas herdadas do antigo patrão, logo apontando exemplos mil; o costume, nestas lides...
7.
Mais se anunciou que as associações concelhias dedicadas aos jovens têm subsídios atribuídos: a UDB cerca de 10.000 €; o clube de voleibol do Colégio idem e por aí adiante + a nossa Comissão Fabriqueira, que recebeu 20.000€ para ajuda do conserto da Igreja.

8.
Retorquiu o oponente Silvestre, com a frieza dos números: só por si, a ADREP/Palhaça levou tanto como Bustos inteiro. Toma que já almoçaste!

9. A meia bustuense Vereadora da Cultura passou em revista os apoios aos alunos das escolas e jardins-escolas, aos almoços com a colaboração da SóBustos e ABC e actividades do complemento educativo; tudo sem o apoio do Sócrates, que não sabe onde fica a nossa Terra e só sonha com o TGV que vai passar ali na Póvoa do Forno. A ver se lhe meto uma cunha para vir cá, nem que seja para uma cerimónia solene no Barrilito...
9.b). A Sra. Vereadora falou ainda das 6 bolsas de estudo para alunos universitários e na criação dum modelo de intervenção social integrada para evitar que o mesmo candidato beneficie do mesmo tipo de apoio de mais do que uma associação. Boa medida, para evitar que a malta receba com a esquerda e logo estenda a direita para sacar mais do mesmo.

10.
Vamos ter mais saneamento a sul e oriente da freguesia, mas sem o apoio do QREN porque Oliveira do Bairro não está integrado em nenhuma empresa intermunicipal. É a economia, estúpido!

11. A oposição queixa-se que não é tida nem achada nas decisões da maioria no poder. Esqueceu-se que quem manda sabe e que deviam era pedir desculpas: em 12 anos, que fizeram por Bustos? Comparativamente, pouco mais que nada. Toma, que já almoçaste!
12.
A rua do Depósito de Água foi a concurso por 450.000€: outro must em prol do malfadado progresso (=crescimento sabe-se lá à custa de quê e por alma de quem), que desenvolvimento sustentado é coisa que ficamos à espera de ver para crer.

13. A nova Escola deve ficar no terreno dos herdeiros do Dr. Santos Pato no Sobreiro, junto aos Caiados e Correia. (ouvi dizer entretanto que o negócio estava fechado). Para a escola há apoio do QREN.
14. Os barreiros também vieram à baila pela voz do Pres. da CM, mas pouco se adiantou. Há intenções, quereres, esperanças daquilo vir a dar num parque natural. (A)Deus os ouça.
15. Fiacoba e cavalos: vai tudo correr pelo melhor e parece que fui ouvido quando defendi na AM que a Feira do Cavalo deveria acontecer no âmbito da FIACOBA; sempre há vozes de burro que chegam ao céu dos cavalos do Vereador Mota. Quanto a louros, passo, que as boas medidas são como os cães sem dono.
16.
Por fim, na parte aberta ao sr. público, o Presidente da Junta falou em projectos que também são da Câmara, embora os timings de execução sejam diferentes. É a modos como ter 2 treinadores à vez a treinar a mesma equipa: dá alguns desajustamentos, mas no fim bate tudo certo (se a equipa não descer de divisão)
.
17. Há vontade de instalar o serviço de gás natural. Boa!
18. Quanto ao Bairro Económico do Cabeço, não, não o seduz, ponto final.
Lá se perderam 20 anos de luta e de Gente Boa que ofereceu terrenos ou os vendeu ao preço da chuva ou fez permutas (e agora, como é?), técnicos que elaboraram estudos e projectos, regulamentos que foram aprovados em Assembleia de Freguesia, comissões de avaliação e valores/m2 aprovados e votados e até Gente que se inscreveu na lista de espera para comprar barato um lotezito com projecto eleaborado e aprovado pela CM!!

O nosso Pres. da Junta arrematou: "Sempre trabalhei para o Futuro de Bustos". Disse.
19.
Mais público falou, mas disso não falo, pronto.

20.
Aplausos.



II - Desnotas
:

1. A casa da nossa Junta de Freguesia não é assim tão conhecida. Um autarca perguntou onde ficava.
2. Tanto ADN de Bustos e Bustos sempre para trás das costas.
3.
A Vereadora Laura foi a única que cumprimentou duma forma solene o Presidente da Assembleia de Freguesia da Bustos. Temos de voltar à escola para ensinar que os Presidentes dos orgãos colegiais, ainda por cima com poderes deliberativos e fiscalizadores, estão acima dos Presidentes dos executivos no protocolo do Estado. Mas parece que L'État c'est moi.

Lá vamos ter de esperar que façam a Escola do Sobreiro Ali Ao Pé Do S. João, que a que temos mais parece que ainda usa ensinamentos políticos herdados do Salazar, que era aquele senhor que mandava em tudo e todos.

4.
A Freguesia não obsequiou o elenco camarário com qualquer lembrança alusiva a este encontro desportivo, tão importante e simbólico para a hospitaleira equipa visitada.

*
Eis o que ficou nos apontamentos do sergiod@poba e na minha cabeça, que andou a saltitar entre Oliveira do Bairro e Bustos e vice-versa.
*
III - Em jeito de remate e golo:
- O NOTíCIAS DE BUSTOS vai presentear a Sra. Câmara com uma lembrança alusiva à efeméride, pois não é todos os dias que o cortejo real desce ao povoado.

- Chama-se a isto galhardia, que foi do que lá falei.

- Chama-se a isto ser bustuense, que também lá disse que BUSTOS era a terra mais linda do mundo! Porque era a minha terra!

- E mais disse que por muito que digam que nos dão muito, é sempre pouco o que nos dão!!

Estão abertas as subscrições.
*
oscardebustos [com a preciosa ajuda do altinod@poba]

18 de março de 2009

SÁBADO, DIA DA POESIA - "CANTO E AMANHECE" CEDO EM OLIVEIRA DO BAIRRO


Sábado, 21 de Março'09 - o Dia Mundial de Poesia em Oliveira do Bairro vai ser presenteado com o 'Canto e amanhece' de Marineide Santos.
Conforme NB já informou, Câmara Municipal & Armor Pires Mota apresentarão livro e a autora.
O evento tem início às 9H30 no Salão Nobre da Câmara Municipal e será decorado com um espectáculo orientado pela Marineide.
Para preparar o leitor, transcreve-se o poema 'Espelho Meu' que, de algum modo, "espelha a minha poética e os temas que constam deste livro", segundo afirma a poeta.
.
ESPELHO MEU

Espelhei nas palavras todo o meu Eu
Mesmo que as memórias me atormentassem
Viajei por Mundos cuja distância
Somente a Liberdade compreendeu
Recordei com meu profundo sentimento
Os feitos, os heróis, as afectivas ligações
Erguendo meu brado, que era ténue
Reflecti e amei cada momento

Vesti mil mantos, tive mil pensamentos
Voei, corri por vales e desertos
Chorei pela Dor que não era minha
Fui eu e o contrário de mim mesma
Foi meu templo o Sentimento, seu portal a Emoção
Ao seu lado jorrava a dura existência
Quebrou-se o cristal, sinto a vazia convivência
Mas no peito que é meu despertou o Coração.
*

Um pouco da autora:

Marineide Simões dos Santos nasceu a 28 de Outubro de 1976, em Caracas, Venezuela, onde então viviam seus pais, emigrantes de Bustos.

Mora há 24 anos com a família nesta localidade do concelho de Oliveira do Bairro.
Frequentou o ISPB [Instituto de Promoção Social da Bairrada] (Colégio de Bustos).

É licenciada em Línguas, Literaturas e Culturas percurso Português, Latim e Grego pela Universidade de Aveiro.

Participou em alguns encontros poéticos realizados na Bairrada.
"Canto e Amanhece" é o seu primeiro livro e, realmente, a sua estreia literária quase absoluta.
O altino agradece a Marineide Santos a informação pormenorizada e a C. Bolandas a colaboração na produção deste postal-e.

BUSTOS - BIBLIOTECA MAIS ACESSÍVEL? "SIM", garante Paulo Alves


No postal BUSTOS - BIBLIOTECA MAIS ACESSÍVEL? editado em 11 do corrente, afirmava: “… há cidadãos que se deslocam em cadeiras de rodas e deparam com barreiras arquitectónicas a impedir o acesso à Biblioteca.”
Em encontro ocasional acontecido na sessão pública da reunião do executivo camarário realizada em Bustos, Paulo Alves, Presidente da Direcção da Associação de Beneficência e Cultura de Bustos [ABC], informou que a acessibilidade à Biblioteca iria ser feita pelo interior das instalações.
A rampa no exterior “ficaria feia”.
Registe-se com agrado a predisposição da ABC em facilitar o acesso à Biblioteca.
E siga a rusga.

17 de março de 2009

APARIÇÃO


Recordação de 12 de Março de 2009, o dia em que o executivo municipal desceu à vila de Bustos para numa fugaz aparição lembrar que as eleições são daqui a um bocadinho e que também já falta pouco para se fazer o que ainda não foi feito. Haja esperança e fé!

16 de março de 2009

A origem da vida - diapositivos

Já é possível aceder às imagens apresentadas pelo MC.
Seguem duas ligações onde os diapositos estão alojados:
Na 1ª que se segue e mau grado ter perdido alguma qualidade, foi possível uma agradável surpresa:
A 2ª ligação já fora acrescentada na adenda ao texto sobre a conferência, mas também podem chegar lá por AQUI.
Ide à 1ª, que vale bem a pena.
O meu muito obrigado ao Eng.º Arsélio Canas pelo CD.
- Viva a Banda Filarmónica da Mamarrosa e de Bustos também!!!

15 de março de 2009

Milton Costa deu aula sobre a origem da vida

Não fora a Dina ligar-me a pretexto dum bloco de notas que esquecera no carro dela e teria perdido uma extraordinária conferência que o Milton Costa proferiu ontem à tarde no Instituto de Educação e Cidadania (IEC), essa escola moderna que em boa hora nasceu aqui mesmo ao lado, nesse chão donde emergem as raízes de Bustos - a Mamarrosa Terra Linda que o pai Hilário Costa cantou no poema "Eu te saúdo Mamarrosa".
Não há volta a dar-lhe: o Milton nem aos amigos mais chegados pavoneia a excelência do seu saber; só falta ouvi-lo pedir desculpa por ser um dos mais famosos microbiólogos do mundo.
O Presidente da Federação Europeia de Microbiologia (FEMS), conhecedor como poucos dos estranhos micróbios que vivem nos limites e autor de descobertas científicas que têm atraído a atenção dos media, fez encher a sala do IEC.
Levados pelo seu discurso simples, objectivo e cativante, foi extasiados que viajámos pelos confins do espaço/tempo. Quais alunos atentos à lição do Mestre, aprendemos desde as teses teológicas sobre a génese do universo até às teses científicas de Darwin e Alfred Wallace e de pós-darwinistas como George G. Simpson, ex-professor dele nos EUA.
A conferência terminou com uma acusação aos arautos dum certo progresso:
Estamos a matar aquilo que era tão bonito.
Devo dizer que não é a 1ª vez que assisto a uma conferência do Milton, mas a de ontem foi de uma sedução que dificilmente esquecerei.

Já agora e para quem desconhece, o MC tem arriscado algumas incursões noutras áreas da ciência...
Rebolei-me de gozo com este trabalho científico do Milton em torno d'o Barrilito visto do céu. Cliquem e digam lá se não é de Mestre...
_
- não faltam textos neste blogue sobre o Milton, bastando fazer uma busca pelo seu nome, no rectângulo em cima/à esquerda.
- ver o slideshow na barra lateral com as fotos da conferência.
- como editar no blogue a apresentação da conferência (slides em power point) que lhe saquei a ferros? Nem em linguagem html chego lá... 
- ADENDA: Graças a uma ajuda amiga, fiz o upload do ficheiro em formato pps (power point) para o Scribd. Aqui chegados, é só ir clicando na seta de avanço do teclado. Tal como diria o prof. de físico-química e poeta António Gedeão, Então, meninos! Vamos à lição! Em quantas partes se divide o coração?
- sobre o Milton e o Carlos Luzio: bloguedooscar

13 de março de 2009

O BUSTOS ACERTOU NO VINTE

Análise [do jogo]
Fizemos um dos melhores jogos do campeonato.
Merecemos a vitória. Podia ter sido mais dilatada.
Parabéns a todo o plantel – tem sido excelente.
Assim Registou … Mister JoaQUIM Tavares.
Mister Quim está a ver a aurora da 1.ª divisão a despontar.
Vontade em conquistar o regresso ... não falta.
S C CARQUEIJO x UNIÃO DESPORTIVA DE BUSTOS [0 – 2]
FICHA (quase) TÉCNICA


Campeonato de Futebol (de 11) de Seniores da II Divisão Distrital de Aveiro – Zona Sul.
20ª Jornada
Jogo disputado no Campo da Carreta - CARQUEIJO
Dia do Jogo: 8.03.2009, Domingo, 15H00

Marcaram: Pião (5’) e Pedro Fiães (65’)
O ‘União’ D. iniciou o jogo com:
Ivan (guarda-redes);
Samagaio, Henrique, Pedro Resina (capitão), Fábio, Baptista (subcapitão);
Guedes, Pedro Fiães, Hélder, Pião (Paulo, 75’), Patric (Ricardo, 75’; Luís Miguel,88’).

Banco de serviço de apoio:
Jogadores:
Filipe (guarda-redes);
Paulo, Ricardo, Licas, Luís Miguel, BemHaja, Marco.
Treinador – Mister (Joa)QUIM TAVARES.
Massagista – Carlos Pascoal
Embaixador da UDB – José Luís Santos

Cartão Amarelo – Samagaio (70’)
alter.ak

20 BUSTOS - CARQUEIJO K


BUSTOS - FUTEBOL DE 11

12 de março de 2009

BUSTOS - FUTEBOL DE 7 (Jorna de 07 Março)

CÂMARA MUNICIPAL EM BUSTOS - QUE PRENDAS TRAZ?


O sítio oficial da Câmara Municipal de Oliveira do Bairro
http://www.cm-olb.pt/PageGen.aspx
anuncia:

"Próxima reunião de Câmara na Junta de Freguesia de Bustos
[anúncio de ] 10.03.2009
A próxima reunião de Câmara, a realizar quinta-feira, dia 12 de Março, será na Junta de Freguesia de Bustos. À semelhança do que aconteceu na reunião de Câmara no Troviscal e na Palhaça, e apesar de não ser a última reunião do mês, esta será aberta à intervenção do público."
(fim da transcição)

A sessão pública tem início marcado para as 14H30.
Mês de Março, dia da 1ª feira da Palhaça. Ano que dá pela inscrição 2009.
Bustos vai engalanar-se de capital do reino de Oliveira do Bairro. Por umas horas. Muitas ou algumas prendas vão ser anunciadas. Para o teatro continuar com a porta aberta, gregos e troianos continuarão a desempenhar o seu papel, em versão de “campanha eleitoral”.

Mas o importante da sessão que se augura bastante vistosa e concorrida, do público deitarão palavra os candidatos a candidatos, os candidatos a não-candidatos, os presumíveis candidatos a candidatos e os candidatos e os que estão alheios ao combate por um lugar de 1ª fila nas listas.
Fleumáticos discursos, pois.
Se tal não acontecer, é porque as cartas consultadas estavam viciadas.

Uma sessão frutuosa, com ou sem discursos, para além dos de circunstância, é o que se pretende.
e siga a rusga
sérgio micaelo ferreira

11 de março de 2009

Câmara Municipal de OLIVEIRA DO BAIRRO reúne em BUSTOS

Bustos, por certo, saberá receber bem o executivo camarário.

A sessão, sendo pública, irá trazer muito público. Não devemos esquecer que é fundamental que a assistência ouça em silêncio.
Aqui está uma oportunidade para alunos da escola terem uma aula - ao vivo - do exercício de cidadania.
É isso manelzito
sérgio micaelo ferreira
_______________
Consultar

BUSTOS - BIBLIOTECA MAIS ACESSÍVEL?

A Biblioteca de Bustos instalada em sítio nobre do Palacete do Visconde de Bustos, é suposto servir sem discriminação, quem procura conversar com os amigos enfileirados nas estantes, os livros.
Acontece que há cidadãos que se deslocam em cadeiras de rodas e deparam com barreiras arquitectónicas a impedir o acesso à Biblioteca.

Portugal deve ser o país que mais e melhor legislação produz para eliminar os obstáculos a uma circulação cómoda e segura das cadeiras de rodas.
Isso, fica só no papel, para mais tarde se esquecer.
De modo algum a imagem impõe qualquer esquema da rampa. A figura acima apresentada apenas pretende alertar a Direcção da Associação de Beneficência e Cultura de Bustos [ABC] na pessoa do seu Director, Paulo Alves (*), para que envide esforços no sentido de permitir eliminar a barreira dos degraus.
E não vale a pena pedir a bacia de água a Pilatos, já que a Biblioteca está instalada no Palacete, da propriedade da ABC.
Vamos lá pipetar uma solução.
Apartheid, é que não.

E siga a rusga.
sérgio micaelo ferreira
(*) Em tempo:
Foi solicitado esclarecimento prévio via e-mail.
O silêncio do senhor director Paulo Alves é 'oiro'
ou a reunião do executivo camarário em Bustos, amanhã dia 12, até poderá distribuir uma benesse à ABC.

9 de março de 2009

MAMARROSA [IEC] - FÓRUM ENOLOGIA

O Instituto de Educação e Cidadania [IEC] vai apresentar a segunda sessão do Fórum Enologia, "onde os tópicos de discussão são as alterações e técnicas de conservação do vinho".

Local: Instituto de Educação e Cidadania – Mamarrosa
Data: 13 de Março de 2009 [sexta-feira]
Hora: 18H30
­­­­
­­­­­­­­­­­­­­­­­­ Contactos:
instituto.educacao.cidadania@gmail.com
234 757 110 (secretaria do IEC), de segunda a sábado, das 14H00 ás 22H00
__________________
NB conselha a consulta em www.educacao-e-cidadania.pt

8 de março de 2009

BUSTOS [RUA DO DEPÓSITO DE ÁGUA] - EM VIAS DE PROMOÇÃO

“Rua do Depósito de Água”. Poderá estar para breve a sua requalificação, se chegarem a bom termo as negociações com alguns (já muito poucos) vizinhos.

7 de março de 2009

IEC [MAMARROSA] - Novos Programas: Educação física (ginástica para adultos)


Assunto: Novos Programas: Educação física (ginástica para adultos)

Excelentíssimo(a) Senhor(a),

O Instituto de Educação e Cidadania tem o prazer de o informar que irá iniciar novos cursos em Abril.
Um dos cursos a iniciar será um curso de educação física. São aulas de ginástica fitness/aeróbica), que incentivam à prática de uma vida saudável.


Para frequentar este curso, basta inscrever-se na secretaria do IEC ou manifestar essa vontade para o nosso e-mail, e efectuar a adesão ao cartão de associado do IEC.

O Instituto de Educação e Cidadania agradece que divulguem esta informação pelas pessoas que conhecem.

Local: Instituto de Educação e Cidadania – Mamarrosa http://www.educacao-e-cidadania.pt/

Início do curso: assim que haja turma formada

Para mais informações poderá enviar-nos um e-mail para instituto.educacao.cidadania@gmail.com

Ou ligar para 234 757 110 (secretaria do IEC), de segunda a sábado, das 14H às 22H

Cumprimentos,
Pelo Departamento de Programas e Gestão do IEC
Sílvia Carmen Almeida da Conceição

_______________

Nota: Imagens extraídas de http://www.educacao-e-cidadania.pt/

6 de março de 2009

'renascer' de SÓNIA BORGES na Olga Santos galeria

A Olga Santos Galeria tem o prazer de convidar V. Ex.ª para a inauguração da exposição individual de pintura intitulada “Renascer” de Sónia Borges a acontecer pela 21H30[, de hoje,] dia 6 de Março de 2009.
Está patente até 9 de Abril de 2009.

Esta mostra estará patente ao público até ao próximo dia 9 de Abril, e reunirá um conjunto de sete trabalhos da artista.


Renascer”

Das tuas cinzas
Vislumbra-se um novo rumo.
Largar o passado, a solidão…
Oh Amor Ilusão!
É preciso mudar de vida.
É preciso RENASCER…
(…)
É preciso RENASCER…
É preciso mudar de vida.
Oh Amor Ilusão!
Largar o passado, a solidão…
Vislumbra-se um novo rumo.
Das tuas cinzas.

Sónia Borges
Citação do texto do Catálogo intitulado “Pintura sonia(na)” de José Rosinhas

(…)
A escrita e a imagem estão patentes não só na sua pintura mas também no seu trabalho, enquanto ilustradora. Autora e ilustradora do livro “A Menina Triste” (editado em 2008), figuras e palavras convivem no mesmo objecto, o livro. Na pintura, a tela é o suporte utilizado pela artista para colocar dois mundos, o da escrita e o do desenho/pintura em diálogo, sendo esse diálogo, posteriormente, aberto ao público. Há uma dialéctica entre a artista, a tela e o visitante, em que essa acção visa encontrar uma possível verdade, através do diálogo. O resultado dessa comunicação é único e inesperado e pode ser controverso, como a própria arte contemporânea.
(…)



SÓNIA BORGES

Nasceu a 1981 em Mirandela e licenciou-se em Pintura pela Faculdade de Belas Artes do Porto em 2004.
Participou em algumas exposições, das quais se destacam as de 2003:Concurso Jovem Criadores em Aveiro, 3ª Bienal de Vila Verde, III Bienal de Nazaré, Humaniarte no Porto, Bienal de Espinho; e a de 2008 no Museu da Santa Casa de Misericórdia de Mirandela.
Co-ilustrou os livros Español 1 e Español 2 da Porto Editora e ilustrou livros como Sal da Terra e Luz do Mundo das Edições Salesianas, Os Poemas da Bicharada da Terramar, O Pastor dos Ventos da Trinta-por-uma-linha e da mesma editora O País das Rodas in Por Ser Natal. Em 2008 foi publicado o livro A Menina Triste, cujo texto e
ilustrações são da sua autoria. No mesmo ano participou no 3º aniversário da livraria INDEX, com a ilustração INbar.
Desde 2004 que colabora com a Fundação de Serralves, apoiou o Gabinete do Assessor Cultural do Prof. Fernando Pernes e actualmente é monitora do Serviço Educativo.

OLIVEIRA DO BAIRRO RECEBE POESIA DE BUSTOS [VENEZUELANA]

Consultar Destaques em
Web Site: www.cm-ob.pt

convém recordar que...

...o Forum de Bustos somos nós todos,
mais crescidos
e menos,
de lá longe
e de ao pé de casa.
_
oscardebustos

5 de março de 2009

UD BUSTOS X ÁGUAS BOAS "Rebolacção: A força da determinação" [MPD]

UNIÃO DESPORTIVA DE BUSTOS – G.D.ÁGUAS BOAS [1-0]
Análise do Jogo


Mais uma vitória difícil contra uma equipa vizinha que tem qualidade.
Os meus jogadores tiveram raça e atitude.
Merecemos ganhar com todo o crer.
[Merecem] Parabéns.

Assim Falou … Mister JoaQUIM Tavares.

FICHA (quase) TÉCNICA

UNIÃO DESPORTIVA DE BUSTOS x GD ÁGUAS BOAS [1 – 0]

FICHA (quase) TÉCNICA


O solitário golo de Paulito (37’), a coesão do combinado armadilhado pelo Mister Quim e muito suor conseguiram amealhar três preciosos pontos.
Não foi fácil a partida para o “Bustos”, já que o “Águas Boas” contou com a ajuda ora discreta ora às claras do sr. Juiz do Apito.


Campeonato de Futebol (de 11) de Seniores da II Divisão Distrital de Aveiro – Zona Sul.
19ª Jornada
Campo Dr. Manuel dos Santos Pato (Sobreiro, Bustos)
Dia do Jogo: 1.03.2009, Domingo, 15H00.


A U. D. d Bustos iniciou o jogo com:
Ivan (guarda-redes);
Samagaio, Henrique, Pedro Resina (capitão), Fábio, Baptista (subcapitão);
Guedes, Pedro Fiães, Hélder (Paulo, 75’), Pião (Marco, 75’), Paulito (Patric,65).


Banco de apoio:
Jogadores:
Filipe (guarda-redes);
Paulo, Paulo, Lima, Patric, Luís Miguel, BemHaja, Marco.


Treinador – Mister (Joa)QUIM TAVARES.

Massagista – Carlos Pascoal

Embaixador da UDB – José Luís Santos

Cartões Amarelos – Pedro Resina (66’) e Ivan (82’)
(srg)

ALBERTO MARTINS CANDIDATO A PRESIDENTE DA JSD [NÚCLEO DE BUSTOS]

O futuro não será cinzento para os utilizadores do Polidesportivo em Bustos.


A campanha de sensibilização promovida pelos Jovens Sociais Democratas de Bustos, que apelava aos utilizadores daquele espaço para a sua não utilização por falta de condições de segurança e que, paralelamente apelava à Junta de Freguesia que promovesse o restabelecimento das referidas condições àquele espaço, revelou-se um verdadeiro sucesso.

A ampla cobertura do Jornal da Bairrada justificou a pertinência da campanha, as condições de segurança foram restabelecidas e prometida ficou “uma intervenção de fundo”pelo Sr. Presidente da Junta de Freguesia de Bustos, no Polidesportivo.

Fizemos o que melhor sabemos e nos comprometemos a fazer, auscultar os jovens, identificar os seus problemas e deles fazer as nossas bandeiras, visando a sua solução. É neste sentido, que comunico aos Jovens Sociais Democratas de Bustos a minha disponibilidade, para me candidatar a presidente do Núcleo Residencial da Juventude Social Democrata de Bustos - que vai a sufrágio no próximo dia 14 de Março de 2009 - assumindo o compromisso de, Por uma Juventude Interventiva, discutir no presente um futuro melhor.
Cumprimentos
Alberto Martins

_____________
O anúncio de candidatura, bem como o organograma da lista estará brevemente disponível em

*****
NB informa que ainda pode utilizar o endereço-electrónico