31 de agosto de 2011

BIBLIOTECA DE BUSTOS - JORGE LUÍS BORGES EM DESTAQUE

A Biblioteca de Bustos organizou mais uma Mostra no espaço ‘licínio mota’ desta vez dedicada a Jorge Luís Borges ( Buenos Aires, 24.08.1899 – Genebra, 14.06.1986), escritor com difusão universal, com ascendência transmontana da terra quente da Torre de Moncorvo onde tem o seu nome inscrito na toponímia.


Da esquerda para a direita : JorgeLuís Borges,inspector Costa,dr.Joaquim Ribeiro e senhor Frederico Mesquita
.

“Embaixada” moncorvense a Lisboa em 1984,aquando da entrega do título de Cidadão Honorário da nossa terra ao grande escritor com raízes moncorvenses.
citação e imagem de "Farrapos de Memória", aqui

POEMA AOS AMIGOS


Não posso dar-te soluções para todos os problemas da vida
nem tenho resposta para as tuas duvidas ou medos
mas posso escutar-te e compartilhá-los contigo...

Não posso mudar o teu passado nem futuro
mas quando precisares de mim, estarei junto a ti

Não posso evitar que tropeces
só posso oferecer-te a minha mão para que te apoies e não caias

Tuas alegrias, triunfos e êxitos não são meus
mas desfruto sinceramente quando te vejo feliz

Não julgo as decisões que tomas na vida, limito-me a apoiar-te, a estimular-te e a ajudar-te, se mo pedes

Não posso traçar-te limites dentro dos quais deves agir, mas sim oferecer-te esse espaço, necessário para crescer

Não posso evitar teu sofrimento quando alguma pena te parte o coração
mas posso chorar contigo e recolher os pedaços para amar novamente

Não posso decidir quem és, nem quem deverias ser
só posso amar-te como és e ser teu amigo

Nestes dias pensei nos meus amigos e amigas
não estavas nem acima nem abaixo da média
Não começavas nem acabavas a lista
não eras o primeiro nem o último

(...)

E tão pouco tenho a pretensão de ser o primeiro, o segundo ou o terceiro da tua lista

Basta que me queiras como amigo...
Obrigado por o seres

(atribuído Jorge Luís Borges)

Sempre imaginei

que o paraíso fosse uma espécie de biblioteca

(Jorge Luís Borges) aqui

(com a colaboração de Prazeres Duarte)

30 de agosto de 2011

CONDOMÍNIO DO PALACETE EM OBRAS

O visual do Largo da Igreja Velha vai ficar mais atractivo. O sinal está na instalação dos andaimes.

Apraz registar.

24 de agosto de 2011

FOTO DE AGOSTO


Desce o hidroavião para mais uma recarga de água. Sobe a ave, foge perante a proximidade da máquina voadora. Cada um no seu canto, para que não se perturbe a ordem natural de todas as coisas. 


23 de agosto de 2011

Bustos está a preparar-se para os cortes das ofertas de serviços dos Correios?


Em 03.Dezembro,1960, O Jornal da Bairrada, através da coluna de Bustos, noticiava melhoria de serviço dos Correios a partir de 1 de Janeiro 1961:

“Pelos Correios
A todos muito alegrou a notícia de que a mala do correio sairia de Bustos, a partir do dia 1 [Janeiro 1961], às oito horas da noite.
Regozijamos com o facto, porque assim é possível dar expediente a todo o  correio, o que não se poderia fazer com a saída às 17 horas.
A mala é conduzida para Oliveira do Bairro pela furgoneta do sr. Manuel Tavares da Silva, do Sobreiro.
Ao Ex.mo Correio-Mor o nosso muito obrigado pela atenção que teve para com Bustos e que, decerto, pode ser aproveitada por outras terras vizinhas. – C.”
--
Um breve comentário:

Aproxima-se a privatização dos Correios. A estação de Bustos também fará parte do negócio. O serviço bancário e de tesouraria deverá ser extinto para prejuízo directo das populações que andam teimosamente arredias dos simplexes… até a factura da água deixa de poder ser paga nos Correios …

Mesmo que o serviço postal dê prejuízo, a estação de Bustos tem uma receita certa enquanto funcionar a rede fixa de telefones. É que o edifício tem instalado o equipamento do subgrupo 75 da rede 234 de Aveiro e esta locação à TMN paga renda aos Correios.
Bustos que tem implantado no seu seio um serviço gerador de receita nada recebe em compensação.
Por ironia. A estação dos Correios em Bustos foi erguida pelo dinheiro de alguns Bustuenses. A ampliação e renovação do edifício também foi comparticipada com a generosidade e sacrifício de Bustuenses *.
E o resultado?…

*FOTO ÁLBUM: INAUGURAÇÃO DOS CTT, Terça-feira, Junho 20, 2006



22 de agosto de 2011

TIAGO BARROS VENCE FINALÍSSIMA DE PIT BIKE


Depois do sucesso alcançado na primeira iniciativa, a organização do Iº convívio colocou mãos à obra e preparou a preceito a 2ª edição, realizada no passado domingo dia 14, tendo primado pelo bom tempo e pela grande afluência de público.

Tendo como palco o mesmo cenário da Iª edição – a Quinta do Amílcar - foi fácil preparar a segunda, tendo em conta que os caminhos para Bustos já estão no trilho dos amantes deste tipo de desporto motorizado. Contando com participantes de norte a sul do país, sendo 2 deles da Freguesia de Bustos, num total de 33 participantes. Durante o período da manhã, chegaram os participantes e decorreram treinos livres para a partir das 14:00h se iniciarem as mangas de qualificação para a Finalíssima Pró e semi-final Pró
Destaque para a participação de Riaux Gregory  de França participante do Campeonato Oficial Francês de Motocross e campeão de Pit Bikes em França.



A semi-final Pró foi vencida por Carlos Silva, seguido de Diogo Monteiro e Jorge Marques em 2º e 3º lugar respectivamente. Já na Finalíssima Pró, o favoritismo ía para Riaux Gregory, contudo foi Tiago Barros foi o vencedor seguido de Riaux Gregory e Luis Campos no 2º e 3º lugar respectivamente. Destaque ainda para os Pilotos de Bustos Dinis Teixeira e Nelo Miranda que ficaram em 8º e 10º lugar respectivamente na Finalíssima Pró.
A Organização do evento aproveita para agradecer aos patrocinadores e a todos aqueles que directa ou indirectamente ajudaram na organização do mesmo. Um agradecimento muito especial aos Bombeiros Voluntários de Oliveira do Bairro pela disponibilidade e apoio prestados.
J.F.B

20 de agosto de 2011

TORNEIO DE PAINTBALL

No próximo dia 27 de Agosto realiza-se  o 2º Torneio de Paintball de Bustos. Os interessados em participar deverão inscrever-se na Junta de Freguesia, no café Sagitário, ou pelos telefones 234 753 754 , 932 754 994 ou 932 754  995.

15 de agosto de 2011

VASCO MICAÊLO COM UM ESPÓLIO INVEJÁVEL


De grão a grão o VASCO MICAÊLO tem no seu (pessoal) espólio de Atletismo uma apreciável quantidade de troféus, lembranças, medalhas de grande valor estimativo que daria para ocupar condignamente um salão do atleta “com quilómetros e quilómetros percorridos por trilhos, veredas, pistas ou circuitos,…”(altinoaqui)

Habitualmente, em cada participação há terceira parte – à semelhança do que se passa no rugby. Só que uma vez ....

Em Ovar disputava-se uma prova. O Vasco tentava tinha-se preparado para destronar o seu mais directo rival , uma adversário e Amigo madeirense. No início o Vasco poupou-se, sem deixar de vista o habitual campeão. Próximo de Maceda, o Vasco acelera o ritmo, ultrapassa facilmente assume a cabeça do pelotão e ganha apreciável distância sobre o seu contendor directo, que já manifestava sinais claros de cansaço.

Com o folgado avanço, o Vasco pára junto de uma “menina da estrada” e , pede à interlocutora que lhe deixe passar a mão por debaixo da saia pelo apetecível triângulo, …

Depois de dois “você é tolo!”, … vem o acordo.

O adversário com largas dezenas metros atrasado e encostado a um muro, deitava os bofes pela boca, enquanto a equipa de apoio tentava recuperá-lo.

O Vasco, pujante de alegria, chama o adversário e, enquanto fazia o gesto previamente acordado, atirava:

“Olha, oh … Falta-te disto!”

O pior foi quando cortou a meta. A cena tinha chegado de véspera…

Teve de ouvir das boas…

... ia caindo o Carmo e a Trindade.altino

14 de agosto de 2011

ADERCUS COM VITÓRIAS DE VERÃO

Decorreu este domingo à tarde [7 de AGOSTO], a IX milha urbana praia da Vagueira/CIRA, que foi uma organização conjunta do GRECAS, Câmara Municipal de Vagos e Junta de Freguesia da Gafanha da Boa Hora. A prova decorreu na marginal, junto à praia e teve início ao final da tarde, pelas 17:30H com a corrida para o escalão mais jovem, que foi o de Infantis.

DANIEL MOREIRA, BEATRIZ E CATARINA RODRIGUES

NO PÓDIO DA "MILHA URBANA PRAIA DA VAGUEIRA/CIRA"

A ADERCUS esteve representada por alguns atletas, dos quais se destacaram Beatriz Rodrigues, que foi a 2ª classificada nos Infantis, seguida de Ana Alves, no 5º lugar. Nos Iniciados, Daniel Moreira foi o vencedor, e no sector feminino Catarina Rodrigues também subiu ao pódio no 3º lugar, seguida de imediato por Inês Silva, 4ª classificada. Na corrida de élite feminina, a Sénior Carla Martinho foi a 5ª classificada, tendo realizado uma corrida muito boa, face à qualidade do lote de atletas presentes.

SARA CARVALHO - MARÉ ALTA NA "CORRIDA DA RIA"


Praticamente à mesma hora, e muito próximo, decorreu a 2ª prova de atletismo “Corrida da Ria” em plena baixa mar, na ria de Aveiro, na Gafanha da Encarnação, pelas 17:00H, com a distância de 7.000m. O evento foi uma iniciativa da Associação Desportiva da Costa Nova, que teve o tiro de partida às 17:00H para a prova cujo traçado de desenrolou na ria de Aveiro, entre a ponte de Barra e o cais dos pescadores “Bruxa” Gafanha da Encarnação (Ílhavo).

Sara Carvalho foi a vencedora feminina, sucedendo a Carla Martinho, que há um ano tinha sido a vencedora da primeira edição, mantendo assim a vitória para as cores da ADERCUS.

12 de agosto de 2011

MISTER QUIM TAVARES - DE REGRESSO AO «BUSTOS»

A informação já circulava em circuito fechado: “Joaquim Tavares prepara a nova época futebolística” dos seniores da U. D. Bustos.

Mister Quim Tavares, a ser verdade, vai mais uma vez mostrar-se em palco com a camisola do seu Bustos predisposto a vencer as dificuldades logísticas.

Bons êxitos desportivos e de tesouraria.

Àparte:

A Procissão do São Lourenço de Bustos mostrou-se colorida e diversificada. A tradição repetiu-se.

Em certos meios foi criticada a ausência na procissão da União Desportiva de Bustos. Acontece que o artigo 2º dos seus Estatutos determina o seguinte:

«É expressamente interdito ao Clube a prática de actividades políticas ou religiosas”.

11 de agosto de 2011

S. Lourenço na fogueira

O nosso S. Lourenço terá morrido na fogueira em 10 de Agosto do ano de 258 depois de Cristo, dia escolhido para a sua celebração.
À data da sua morte S. Lourenço era diácono da Igreja de Cristo, ou seja, guardador dos bens da Igreja e responsável pela sua distribuição pelos pobres. Conhecido como Lourenço de Huesca, nome da sua terra natal, ali para os lados da actual Valência de Espanha, veio a ser canonizado depois do seu sacrifício.
Rezam as crónicas cristãs que morreu às mãos do imperador romano Valeriano, que o chamou para que lhe entregasse as riquezas da então perseguida Igreja de Cristo.
Assim fez, apresentando-se com os pobres, orfãos e viúvas, para ele a verdadeira riqueza de Cristo. A sua coragem e ousadia valeram-lhe o suplício pela fogueira.
Todos conhecemos a sua imagem de santo, com uma grelha na mão direita, simbolizando o instrumento do seu sacrifício: num braseiro colocaram uma grelha e, sobre esta, os soldados do imperador deitaram aquele que veio a ser o S. Lourenço de Bustos. Morreu, dizem, como um mártir.
Ironia das ironias: ontem, a procissão de S. Lourenço parou e arredou-se para dar lugar à correria acelerada das viaturas dos bombeiros que acorriam aos muitos fogos que enchameavam ali para os lados do Cabeço e do moínho do Sêco. O fogo terá vindo mais do noroeste e só terá parado para os lados do Montouro.
Não há lembrança de tantas labaredas a consumir matos, pinhais e eucaliptais (do mal o menos, que eucalipto é sorvedouro de solos aráveis).
Não pararam de acudir os bombeiros de Oliveira do Bairro, Ílhavo, Aveiro e Vagos. Mais ao cair da tarde acorreram pelo menos os de Cantanhede, Mira, Souzelas, Condeixa e até Figueria da Foz. Como não faltaram os meios aéreos, com dois aviões e um helicóptero, todos a tentar salvar das chamas os termos de Bustos e terras ao redor, ali para as bandas das areias, a que os de lá chamam gandarezas.
S. Lourenço mandou que a procissão parasse, para que os soldados da paz acorressem ao apagar dos fogos.
Se calhar, quem sabe,  a lembrar-se que também ele morreu na fogueira, às mãos de homens sem fé, sem amor pelo semelhante, sem amor pela natureza que o homem vai cada vez mais descurando e reduzindo a nada.
Percebe-se porquê: onde falta o amor, sobra o ódio, a indiferença, a falta de respeito e de cuidado para com o mundo que nos rodeia.
Apetece dizer que S. Lourenço de Huesca e de Bustos se deixou sacrificar em vão na fogueira. Fogueira que ontem vi arder mesmo ali ao pé, junto de sofridos bombeiros à espera que a água chegasse.
São tantos os fogos para apagar...

10 de agosto de 2011

BUSTOS - S. LOURENÇO'2011 ANIMA NOITES

Pelo S. Lourenço

vai à vinha e enche o lenço.

Ditado que a natureza contraria.

Em contrapartida,

as noites do orago da Paróquia de Bustos vão estar animadas …

... ainda que falte o Moscatel
de Matos Alla

9 de agosto de 2011

O 13º CICLOTURISMO DE BUSTOS "FOI MUITO FIXE"

A jornada do 13º Cicloturismo de Bustos anunciada aqui, realizada em 31 de Julho, foi amplamente participada, reunindo “por volta de 120 a 130 pessoas”segundo informação de Ana Vieira.

Esta modalidade teve o seu arranque em 1998 pela mão de Manuel Agostinho «O Barrilito», o promotor de várias edições.

A Hora da partida estava a aproximar-se e ...

... no Parque da Seara as bicicletas descansaram.
Era a hora do Almoço.

A organização foi do agrado dos participantes.

E o evento “foi muito fixe”. (A. V.)