26 de março de 2015

ADERCUS - ANTÓNIO MOREIRA E JOANA NUNES NO PÓDIO EM BADAJOZ

A 23ª maratona cidade de Badajoz disputou-se no domingo de manhã e teve domínio luso, dado que os três primeiros classificados masculinos e femininos da edição de 2015 foram atletas portugueses. A ADERCUS marcou presença e brilhou mais uma vez em ambos os géneros, tendo António Moreira e Joana Nunes subido ao pódio.

23ª Maratona de Badajoz-Joana Nunes e António Moreira subiram ao pódio  
A prova foi disputada em condições de temperatura quase ideais, mas acabou por ser prejudicada pelo vento que se fez sentir com alguma intensidade. Os atletas da equipa de Oliveira do Bairro realizaram a sua segunda experiência na distância, após a estreia na maratona do Porto de 2014, na qual a Joana Nunes foi bem-sucedida, tendo sido a 2ª atleta portuguesa, e o António Moreira acabou em ritmo de treino, a partir dos 30km, tendo acompanhado a sua colega de equipa.

Desta vez, em Badajoz, António Moreira foi o 3º classificado, com o registo de 2h31min40seg na meta dos 42.192m de corrida, que teve como vencedor o atleta Bruno Fraga (GDR Reboleira), com 2h24m21seg, seguido de Ricardo Paixão (UA Benaventense), 2º classificado, com 2h29min03seg.

Quanto ao desempenho ao longo da prova, o atleta da ADERCUS resguardou-se desde início num grupo perseguidor dos dois primeiros classificados, tendo-se destacado a partir do 32ºkm, tendo garantido o 3º lugar e uma marca que satisfez as suas pretensões.

Na corrida feminina, Joana Nunes foi a 2ª classificada, com 2h53min04seg, tendo sido superada por Patrícia Serafim (CP Armada), que foi a vencedora, com 2h50min50seg. O pódio teve como 3ª classificada a Patrícia Carreira (CA Barreira), com 2h55min20seg.

Ao contrário do António Moreira, a Joana Nunes realizou uma parte inicial demasiado rápida, que lhe viria a custar a liderança da corrida a partir dos 25km, mas ainda assim, após um período de gripe e anemia que lhe afectaram a preparação, acabou por realizar uma participação extremamente positiva com o 2º lugar alcançado.


Por fim, com 2h58min20seg cortou a meta o atleta veterano Rodrigo Silva (ADERCUS), que aos 52 anos conseguiu coleccionar mais uma participação na “distância mítica” ao seu palmarés.
ADERCUS

24 de março de 2015

CASA DO POVO DA MAMARROSA PODE DESPEJAR A JUNTA DE FREGUESIA


A última Assembleia de Freguesia da União de Freguesias, realizada a 19 de dezembro de 2014, no Troviscal, terá sido a mais tensa e polémica até aqui realizada. Tudo porque o presidente da associação Casa do Povo da Mamarrosa, Luís Carlos Tribuna, numa intervenção polémica, ameaçou despejar a junta da freguesia das instalações que esta utiliza na Mamarrosa.
Carlos Tribuna acabou por colocar o executivo perante três cenários: 1- Pagar as despesas;2- Pagar uma renda;3 – Abandonar o edifício.

Esta tomada de posição, em jeito de ultimato, surpreendeu Duarte Novo que pretendia estabelecer um protocolo para a utilização do espaço, tendo proposto pagar a eletricidade e a limpeza, de acordo com a prática anterior.

A proposta não terá agradado à direção da Casa do Povo que acabou por levar as negociações para a Assembleia de Freguesia, assumindo o que muitos entenderam como um “inesperado gesto de combate partidário”, entendendo assim que a casa do Povo assumia o confronto em nome do PSD.
Meras interpretações de quem ficou espantado por descobrir que a antiga junta de freguesia da Mamarrosa não era proprietária da parte da casa que, desde a inauguração, lhe serviu de sede.

PAGAR E ABDICAR


A construção do edifício iniciou-se em 1985. Foi uma obra partilhada entre a junta de freguesia da Mamarrosa e a Associação Casa do Povo, como consta nas atas da Assembleia de Freguesia que dão conta de  pagamentos e acordos realizados com a Casa do Povo para arranque de obras e sua continuidade. Concluída a obra o edifício foi partilhado pelas duas entidades ainda que as despesas fossem pagas pela junta de freguesia. 
Mais tarde, a exemplo do que aconteceu em Bustos ou no Troviscal, também na Mamarrosa se iniciou a construção de um novo edifício sede para a junta de freguesia. Mas por razões que só a política conhece, o órgão autárquico levou um empurrão e o edifício acabou entregue ao Instituto de Educação e Cidadania (I.E.C), do Dr. Arsélio Pato de Carvalho.

iec

Bustos e Troviscal inauguraram os novos edifícios, enquanto a junta de freguesia da Mamarrosa continuou a partilhar paredes com a Casa do Povo. Partilha essa que, tudo o indica, acontecia sem ter sido assinado qualquer protocolo ou contrato. Isto porque até agora nenhum documento apareceu.
Também não foi feito qualquer registo pelo que o edifício ficou omisso na Conservatória Predial, ainda que nas Finanças este fosse declarado como propriedade da junta de freguesia.

Assim se viveu, até que em 2009 o executivo da Mamarrosa, o último em exercício antes da reforma administrativa, deliberou que a incorreção tributária deveria ser corrigida, acrescentando, “porque o edifício não pertence à junta de freguesia.” Em consequência desta legitimação a Casa do Povo registou o terreno em seu nome. Um ano depois fez o mesmo com o edifício.

Bastaram 26 anos para apagar a memória dos autarcas da Mamarrosa que, antecipando a reforma administrativa, ofereceram a uma instituição privada instalações pagas com dinheiros públicos.

De assinalar ainda que o livro de atas de 2009 só foi entregue ao executivo da junta de freguesia da União de freguesias um ano depois da tomado posse. Esteve guardada a surpresa, o risco de despejo pelo senhorio, a associação Casa do Povo.


NB/Belino Costa


17 de março de 2015

XIV ENCONTRO DE BANDAS DA MAMARROSA

No próximo dia 29 de março irá decorrer o XIV Encontro de Bandas da Mamarrosa.
A entrada é livre.



Programa:

14.00 Horas – Desfile das Bandas participantes, da Igreja Matriz até à sede da Banda:

a) Banda Nova de Fermentelos

b) Banda Marcial de Fermentelos

c) Banda Filarmónica da Mamarrosa

15.00 Horas – Início dos concertos pela ordem do desfile das Bandas participantes.


18.00 Horas – Encerramento com a atuação simultânea das 3 Bandas executando uma marcha final.

CHÁ DANÇANTE NA APOFORNO



No próximo dia 29, domingo, entre as 16h e as 18h, realiza-se um Chá Dançante, matiné sénior que terá lugar na APOFORNO no  Troviscal.

A iniciativa destina-se à população com mais de 65 anos e visa promover o convívio da população sénior das diversas freguesias do concelho.  
A entrada é gratuita para maiores de 65 anos a quem será oferecido chá e bolinhos secos.

16 de março de 2015

ADERCUS FORA DO CROSS NACIONAL DA MADEIRA - POR FALTA DE APOIO?


Em Almeirim - ADERCUS 3ª NO NACIONAL DE CROSS LONGO


O parque da zona norte da cidade de Almeirim foi o palco do campeonato nacional de corta-mato, disputado no domingo de manhã, no qual estiveram em disputa os títulos para os escalões de Juvenis, Juniores e da versão longa para Séniores.

Entre os mais jovens, a juvenil Beatriz Rodrigues, atleta ainda de primeira época do escalão, esteve desde o início na luta por um dos lugares no top-10, tendo cortado a meta no 6º lugar. Salomé Sousa também se estreou em campeonatos nacionais, tendo concluído a corrida de 4.000m no 40º lugar.

A participação mais marcada da ADERCUS estava reservada para a disputa do troféu nacional da vertente longa do corta-mato, de 8.000m para o sector feminino, no qual voltou a alcançar mais um lugar no pódio, ao lado das formações do Sport Lisboa e Benfica, equipa campeã, e do Sporting Clube de Portugal, 2ª classificada.
 
Almeirim - ADERCUS F cn cross longo 3ª


Para o 3º lugar da ADERCUS pontuaram a Carla Martinho, que foi a 12ª classificada, Elisabete Azevedo, 13ª, Débora Santos, 21ª, e Joana Nunes, 23ª. Integraram a equipa também a Sara Carvalho, 24ª, e Mónica Simões, 26ª.
Almeirim - ADERCUS F 3ª cross longo cn ergue o troféu
Com mais um lugar de pódio conquistado pela formação de Oliveira do Bairro fica alcançado praticamente o “pleno” em campeonatos nacionais disputados esta época, nomeadamente, o 3º lugar no campeonato nacional de estrada, na Maia, a 11 de janeiro, e o 2º lugar no campeonato nacional de corta-mato curto, na Guarda, a 7 de março.

MADEIRA, 10 de maio - CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA

Está agora em dúvida a participação  no campeonato nacional de corrida de montanha, face ao grande encargo financeiro que importa a deslocação da equipa, no qual a ADERCUS foi campeã em 2014, e que este ano se irá disputar na ilha da Madeira no dia 10 de maio.

11 de março de 2015

ADERCUS VICE-CAMPEÃ NACIONAL DE CORTA-MATO CURTO

A cidade da Guarda foi o palco da edição de 2015 dos campeonatos nacionais de corta-mato curto, de 4.000m, nos quais a equipa de atletismo da Serena, de Oliveira do Bairro, voltou a marcar presença no pódio.
ADERCUS no pódio - Vice campeã Nacional Corta Mato curto'2015
A ADERCUS foi a equipa feminina vice-campeã nacional, face aos excelentes desempenhos individuais das 4 atletas pontuáveis, lideradas por Carla Martinho, 7ª classificada, seguida de Elisabete Azevedo, 11ª, Sara Carvalho, 12ª, e Débora Santos, 17ª. Fizeram também parte da equipa as atletas Mónica Simões, Joana Nunes e a jovem Ana Rodrigues.
Ao pódio individual subiram a Catarina Ribeiro (SL Benfica), que foi a vencedora, seguida de Anália Rosa (Sporting CP), 2ª, e Mónica Silva (SL Benfica), 3ª.
ADERCUS_ViceCampeãNacionalCrossCurto
A equipa vencedora foi o Sporting Clube de Portugal com 21 pontos, a ADERCUS foi a 2ª equipa, com 47, e no 3º lugar classificou-se a União Desportiva da Várzea, com 59.
Após o 3º lugar obtido no campeonato nacional de estrada e o 2º lugar obtido no nacional de corta-mato curto, a formação feminina da ADERCUS terá pela frente também o campeonato nacional de corta-mato longo, de 8.000m, que se disputará já no próximo domingo, em Almeirim.
(ADERCUS)

3 de março de 2015

MARIA AUGUSTA PINTO (VIÚVA DE EVARISTO PINTO) - 'FOLAR DA PÁSCOA' ERA UM FERMENTO DE BUSTOS

A referência a "portuguese bread" tem de ver com "bolo doce de Páscoa" que a S.rª Maria sempre tinha em casa para as visitas...Eu recordo-me bem de uma recente visita quando a mãe do nosso conterrâneo Franklin nos deu um bolo para trazer para casa...Assim era esta amável senhora. Ela vivia em Martinez, na baía de San Francisco, numa casa totalmente remodelada pelo marido Evaristo Pinto...Tinha aí uma horta e uma residência separada no andar superior onde o filho viveu nos princípios do seu casamento com Bárbara e mais tarde até agora ficou para o seu neto Shane.   O Franklin vive com a esposa Barbara numa cidade circunvizinha onde cuida dos seus adorados cães e duma coleção de carros desportivos.
[…]
O Evaristo era muito conhecido por aqui tanto como construtor mas também como grande caçador e tinha bons cães de caça tal como quando vivia em Bustos. Mais tarde quando os meus pais vieram para Califórnia, era sempre uma alegria juntarem-se com os Pintos...A minha måe e a Sra Maria gostavam muito falar dos tempos passados... eram gente da Póvoa…[…]

Élio Freitas, Califórnia

MARIA AUGUSTA PINTO (VIÚVA DE EVARISTO PINTO) - SERVIÇO RELIGIOSO




(Élio Freitas, Califórnia)

2 de março de 2015

RASTREIO CARDIOVASCULAR





A Associação Orfeão de Bustos leva a efeito o rastreio mensal das doenças cardiovasculares, no próximo domingo, dia 8 de março 2015,  das 9h30 às 12h30. Este domingo será realizado na Sala do Centro de Dia da ABC de Bustos, como acontece mensalmente.
Vigie a sua saúde e teste os indicadores do peso, tensão arterial, glicémia, colesterol e triglicerídeos.
A direção apela a toda a população para cuidar da sua saúde...

ADERCUS VENCEU EM CASTELO DE PAIVA


A Quinta do Hotel Rural de Castelo de Paiva foi o palco da edição de 2015 dos campeonatos distritais de corta-mato da Associação de Atletismo de Aveiro para os escalões de Benjamins, Infantis, Iniciados, Veteranos e Absoluto Curto. A ADERCUS voltou a marcar presença no pódio a nível individual e colectivo, na última competição que antecede os campeonatos nacionais.

Sara Carvalho 2ª, Elisabete Azevedo 1ª, Débora Santos 3ª, em Castelo e Paiva
A primeira prova em disputa foi a corrida de Juvenis, que foi uma prova extra campeonato, com a distância de 3.000m, na qual Beatriz Rodrigues foi a vencedora e Salomé Sousa a 3ª classificada. Um pouco depois, Vanessa Fonseca cortou a meta no 10º lugar.

Seguiram-se as corridas do campeonato distrital, tendo tido início com a de Infantis femininos, na qual Sofia Almeida foi a vencedora destacada, tendo a ADERCUS subido também colectivamente ao 3º lugar do pódio, com os contributos de Catarina Pardal, 11ª, Jéssica Saraiva, 20ª, e Érica Matos, 32ª.

Nos Iniciados masculinos o Miguel Matos foi o 10º classificado, enquanto no sector feminino a Luana Ferreira foi a 19ª. Nos veteranos masculinos, cuja classificação foi geral, Paulo Ferreira foi o 9º e Jorge Bola o 12º.

No campeonato absoluto feminino da versão curta do corta-mato, de 4.000m, a ADERCUS alcançou mais um título distrital, tendo conquistado todos os lugares individuais do pódio. O título individual foi alcançado por Elizabete Azevedo, seguida de Sara Carvalho, 2ª, e de Débora Santos, 3ª. Mónica Simões foi a 4ª, Joana Nunes, 6ª, e a jovem Ana Rodrigues foi a 4ª Sub-23.


No sábado à tarde, Débora Santos também subiu ao pódio do campeonato nacional universitário de pista coberta, disputado em Pombal, no pavilhão da ExpoCentro, em representação da Universidade de Coimbra, na qual frequenta o mestrado de ensino de Educação Física. A atleta foi a 2ª classificada da corrida de 3.000m, tendo disputado a vitória ao sprint até à meta, terminando com o registo de 10min04seg
(ADERCUS)